Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Professor da rede municipal de ensino de Goiânia vai apitar a Copa do Mundo, no Qatar
Início do conteúdo da página

Professor da rede municipal de ensino de Goiânia vai apitar a Copa do Mundo, no Qatar

Criado: Quarta, 09 de Novembro de 2022, 14h20 | Publicado: Quarta, 09 de Novembro de 2022, 14h20 | Última atualização em Quarta, 09 de Novembro de 2022, 14h20

Bruno Pires dá aulas de Educação Física nas escolas municipais da capital, integra quadro de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e FIFA. Servidor foi selecionado para arbitrar no mundial de futebol, que começa neste mês de novembro

BrunopiresA rede municipal de ensino de Goiânia terá um representante na Copa do Mundo do Qatar, deste ano. Se trata do assistente de arbitragem Bruno Pires, selecionado para apitar o mundial, que começa no final deste mês de novembro. Bruno é professor concursado da Secretaria Municipal de Educação (SME), lotado na Gerência de Desporto Educacional, e há 14 anos dá aulas de Educação Física para os alunos da rede municipal.

Com 37 anos, Bruno é auxiliar de arbitragem, famoso bandeirinha, há 12 anos. Figura nos quadros oficiais de arbitragem da Federação Goiana de Futebol (FGF), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da FIFA. No currículo, acumula desde jogos do Campeonato Goiano até partidas da Libertadores da América, continental interclubes e da Copa América, intercontinental entre seleções. Componente de um dos principais trios de arbitragem do Brasil, este ano o professor foi selecionado para apitar a Copa do Mundo do Qatar, com abertura oficial marcada para o dia 20, deste mês.

“Hoje no Brasil temos 10 assistentes do quadro internacional. A FIFA faz a seleção de acordo com a nossa atuação em competições internacionais. Avaliam o aspecto técnico, físico e social. Não participei do processo para a Copa de 2018, pois tinha acabado de ingressar no quadro internacional, em 2016. Mas nessa eu tive a benção de participar”, conta Bruno Pires sobre os trâmites para conseguir a vaga no mundial de seleções.

O assistente conta que a responsabilidade por representar a família, amigos e o Brasil na maior competição esportiva do mundo é grande, mas que vem acompanhada da realização de um sonho e do que classifica como o ápice da carreira de qualquer pessoa que trabalhe com futebol.

“A felicidade é grande quando vem a convocação, mas a responsabilidade também é muito grande. A gente representa a família, os amigos, a arbitragem não só goiana, mas a brasileira. Lá não será o Bruno a apitar, mas sim a arbitragem brasileira. Mas aliado a isso, é um sonho, o ápice da carreira de quem trabalha com futebol. O sonho é participar da Copa do Mundo, o maior evento esportivo do planeta”, explica.

Na última sexta-feira (04/11), o prefeito Rogério Cruz recebeu o assistente FIFA no Paço Municipal, juntamente com o secretário da SME, professor Wellington Bessa, e do secretário municipal dos esportes, Álvaro Alexandre. Na ocasião, os gestores desejaram boa Copa ao professor Bruno e o parabenizaram pelo feito. Pires viaja rumo ao Qatar nesta terça-feira (08/11), onde fará um treinamento antes do início da competição.

Secretaria Municipal de Educação – Prefeitura de Goiânia

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página