Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Rogério Cruz entrega terceiro Laboratório Maker para assegurar conhecimento tecnológico à Rede Municipal de Educação
Início do conteúdo da página

Rogério Cruz entrega terceiro Laboratório Maker para assegurar conhecimento tecnológico à Rede Municipal de Educação

Criado: Terça, 23 de Agosto de 2022, 12h08 | Publicado: Terça, 23 de Agosto de 2022, 12h08 | Última atualização em Terça, 23 de Agosto de 2022, 12h08

Estrutura na Escola Municipal Presidente Vargas, na Vila João Vaz, conta com computadores, internet banda larga, rede lógica, televisão, quadro de ferramentas do material para uso Maker e mobiliário para as aulas no ambiente tecnológico. “Sabemos da importância desse saber, por isso, preparamos nossas crianças para o presente e futuro”, afirma prefeito. Objetivo é alcançar todas as escolas da capital

labmakerO prefeito Rogério Cruz inaugurou, na manhã desta segunda-feira (22/08) mais um Laboratório Maker, desta vez na Escola Municipal Presidente Vargas, na Vila João Vaz. Esta é a terceira escola a receber o laboratório, que já foi implantado nas escolas municipais Alice Coutinho e João Vieira da Paixão.

“Nosso objetivo é promover esse conhecimento tecnológico. Sabemos da importância desse saber, por isso, preparamos nossas crianças para o presente e futuro”, destacou Rogério Cruz, que também entregou kits de uniformes para os estudantes.

De acordo com o prefeito, o projeto Maker e robótica nas escolas “será um diferencial para milhares de alunos, ao complementar o conhecimento teórico da sala de aula com a prática dentro do laboratório”.

O projeto de robótica educacional faz parte das ações da Smart Educação, e insere a cultura tecnológica do Maker dentro do processo de ensino-aprendizagem da rede municipal de Educação, incentivando alunos e professores a desenvolverem o interesse por Ciência e Robótica.

Secretário municipal de Educação, Wellington Bessa destacou que a entrega marca a continuidade do projeto, que já conta com 20 unidades a serem executadas nos próximos meses. “Queremos levar esse projeto a todas as unidades escolares da capital, alcançando cerca de 70 mil alunos no ensino fundamental”, disse.

“É um projeto que fomenta o estudo da matemática, da física, promove interação e desperta o interesse do aluno pela escola. Queremos que nossos alunos aliem a tecnologia ao aprendizado em sala de aula”, assinalou Wellington Bessa.

Segundo a diretora da unidade, Flávia Cristina, a robótica e cultura Maker não faziam parte da realidade dos alunos, “que sequer sonhavam com um laboratório com a tecnologia”. “Eles estão muito animados. Após um tempo de pandemia e de alunos apáticos, agora temos estudantes motivados”, aponta.

O laboratório conta com computadores, rede de internet banda larga, rede lógica, televisão, quadro de ferramentas do material para uso Maker e mobiliário para as aulas no ambiente tecnológico.

As próximas unidades a serem contempladas com Laboratórios Makers são: Itamar Martins Ferreira, José Alves Vila Nova, Professora Leonísia Naves de Almeida, Regina Helou, Targina de Aguiar e Santa Marta.

Participaram da solenidade de inauguração, dentre outras autoridades, o vereador Pastor Marcos Rosa, o diretor da Escola Sesi Planalto, Rogério de Sousa Viana, e a superintendente de Gestão da Rede e Inovação Educacional, Clarislene de Paula Domingos.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

registrado em:
Fim do conteúdo da página