Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > “Preparamos nossos jovens para a Era 5.0”, afirma Rogério Cruz ao inaugurar 2º laboratório Maker de Robótica da Rede Municipal de Ensino
Início do conteúdo da página

“Preparamos nossos jovens para a Era 5.0”, afirma Rogério Cruz ao inaugurar 2º laboratório Maker de Robótica da Rede Municipal de Ensino

Criado: Terça, 05 de Julho de 2022, 14h05 | Publicado: Terça, 05 de Julho de 2022, 14h05 | Última atualização em Terça, 05 de Julho de 2022, 14h05

Estrutura instalada na Escola Municipal João Vieira da Paixão integra projeto Smart Educação, tem kits de robótica, painel de ferramentas, notebook e outros elementos da cultura maker. Objetivo é preparar alunos para lidar com novas tecnologias, desenvolver criatividade e a cultura do “faça você mesmo”

makerO prefeito Rogério Cruz afirmou, nesta quarta-feira (29/06), que o município está preparando os alunos da Rede Municipal de Ensino para a nova Era 5.0 da tecnologia. Afirmação foi dada durante inauguração do 2º laboratório de robótica da Rede Municipal de Ensino. Estrutura integra o projeto Smart Educação, que objetiva modernizar o ensino da capital. “Temos trabalhado com objetivo de providenciar novos laboratórios”, informa.

O laboratório foi inaugurado na Escola Municipal João Vieira da Paixão, e conta com kits de robótica, painel de ferramentas, notebook e outros elementos da cultura maker (faça você mesmo), beneficiando 883 alunos da unidade. Os equipamentos, que também foram enviados à Escola Municipal Professora Alice Coutinho, primeira unidade a receber o laboratório de robótica, permitem que alunos e professores possam desenvolver projetos de robótica dentro do contexto de matérias como matemática e física, integrando áreas de ensino.

“Nós estamos tornando Goiânia uma cidade, de fato, inteligente. E com esse avanço, poderemos abrigar no futuro indústrias 5.0, que contam com recursos humanos extremamente qualificados. Nós estamos preparando os nossos jovens para a era 5.0, para que mais adiante estejam ambientados, familiarizados com a tecnologia”, afirma Rogério Cruz.

O prefeito explicou que o conceito de Cidade Inteligente vai permitir ao aluno estudar em sala de aula com notebooks ou tablets e, em casa, realizar os deveres utilizando a internet da rede pública. “Já está em teste a árvore digital, na Praça Tamanduá, no Setor Vila Nova. É uma torre, em formato de árvore, com painéis solares que alimentam o ponto Wi-Fi para os usuários da praça. Vamos instalar esse modelo nas praças que estão em construção em Goiânia”, diz.

O secretário Municipal de Educação, Wellington Bessa, diz que o laboratório de robótica é um módulo a parte dos 22 que integram o projeto Smart Educação. O programa ainda inclui o processo digital para matrícula e frequência do aluno, biblioteca virtual, unidades da rede municipal conectadas à rede Wi-FI, modulação on-line, e outros projetos para modernizar a educação no município.

“Nós temos na nossa proposta uma ferramenta pedagógica que é a robótica e que está interligada às matérias de matemática, física, dentre outras. E também a cultura maker, que vai despertar no nosso pequeno a cultura do fazer você mesmo, a criatividade. Tudo que está acontecendo nós devemos graças ao envolvimento do nosso prefeito Rogério Cruz com a educação. O maior legado que será deixado à comunidade goianiense é a melhoria das nossas unidades”, afirma, ao destacar outros investimentos na área, como recursos para reforma de escolas, adaptações de acessibilidade e investimento em equipamentos.

A diretora da Escola Municipal João Vieira da Paixão, Célia Amaral, afirma que o laboratório vai impactar diretamente na relação dos alunos com o conteúdo ensinado na sala de aula. “Adolescentes e crianças adoram tecnologia. O laboratório é uma conquista almejada. Um sonho. Ficou lindo, uma estrutura maravilhosa que vai contribuir para a aprendizagem”, afirma.

Oportunidade
As alunas Daniele Santos e Maria Clara Oliveira, ambas com 12 anos, são alunas da Escola Municipal João Vieira da Paixão e comemoraram a chegada do laboratório de robótica. Elas ainda não possuem familiaridade com a tecnologia, mas enxergam no benefício uma oportunidade para obter conhecimento. “Em casa não temos acesso a celular e computador, mas aqui na escola vou poder aprender e levar isso pra vida”, diz Daniele.

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia

registrado em:
Fim do conteúdo da página