Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Prefeitura de Goiânia normaliza transporte de estudantes da rede municipal e garante, com novo contrato, economia de R$ 5 milhões aos cofres públicos
Início do conteúdo da página

Prefeitura de Goiânia normaliza transporte de estudantes da rede municipal e garante, com novo contrato, economia de R$ 5 milhões aos cofres públicos

Criado: Quinta, 09 de Junho de 2022, 12h31 | Publicado: Quinta, 09 de Junho de 2022, 12h31 | Última atualização em Quinta, 09 de Junho de 2022, 12h31

Serviço havia sido interrompido por decisão da empresa contratada, mas foi restabelecido, nesta quarta-feira (08/06). Alunos residentes no Jardim do Cerrado são os primeiros a circular nos ônibus disponibilizados pela nova prestadora. A partir desta quinta-feira (09/06), voltam a ser atendidas rotas do Residencial Santa Fé. Em seguida, as do Madre Germana

WhatsApp Image 2022 06 09 at 07.52.20A Prefeitura de Goiânia retomou, nesta quarta-feira (08/06), o transporte de estudantes na Rede Municipal de Ensino, após a empresa responsável pelo serviço até então interromper a circulação de ônibus e optar pelo encerramento do contrato. A primeira rota que teve o serviço restabelecido foi a dos Jardins do Cerrado.

Alunos matriculados na Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Dom Tomás Balduíno, já tiveram acesso ao serviço na noite desta quarta. A partir desta quinta-feira (09/06), o serviço será restabelecido nas rotas que atendem o Residencial Santa Fé. Em seguida, o transporte será retomado para os estudantes do Madre Germana.

Para garantir a continuidade do serviço, a Secretaria Municipal de Educação (SME) acionou a Justiça para que a empresa continuasse prestando o serviço e trabalhou na elaboração de um novo contrato, que, após ampla pesquisa de mercado, foi firmado com a empresa Reunidas Participações.

Além de restabelecer o serviço, a gestão municipal priorizou a economia de quase R$ 5 milhões para os cofres públicos. O contrato firmado em 2016 tinha um custo anual de R$ 14,6 milhões. Já o contrato firmado pela atual administração terá um custo de R$ 9,7 milhões por ano para atender as mesmas rotas e o mesmo quantitativo de estudantes.

Secretaria Municipal de Educação (SME) – Prefeitura de Goiânia

registrado em:
Fim do conteúdo da página