Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Prefeitura destina mais de R$ 33 milhões para reforma de escolas
Início do conteúdo da página

Prefeitura destina mais de R$ 33 milhões para reforma de escolas

Criado: Segunda, 27 de Dezembro de 2021, 13h08 | Publicado: Segunda, 27 de Dezembro de 2021, 13h08 | Última atualização em Segunda, 27 de Dezembro de 2021, 13h08

Evento que marcou a destinação do Pafie para a melhoria da rede física foi destaque, também, pelo lançamento do Aprender Sempre

chequereformaNa manhã desta terça-feira (21/12), o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, e o secretário Wellington Bessa anunciaram a liberação de R$ 33,1 milhões para ampliação e melhoria estrutural de 331 instituições educacionais. Durante o evento, no Teatro Madre Esperança Garrido, foi lançado ainda o Programa Aprender Sempre para apoiar a aprendizagem dos estudantes na retomada das atividades presenciais em 2022.

As iniciativas ressaltam o compromisso da Prefeitura de Goiânia na garantia de ambientes educacionais adequados e na melhoria do processo de ensino-aprendizagem dos estudantes. Serão R$ 100 mil para cada escola ou unidade de Educação Infantil da Capital para obras que serão realizadas já nos próximos dias, no período de recesso escolar. Além disso, com o projeto Aprender Sempre, a Secretaria Municipal de Educação (SME) vai ampliar o ensino de língua portuguesa e matemática por meio de Cadernos de Atividades. 

Na ocasião, o prefeito Rogério Cruz destacou o trabalho da SME no desenvolvimento das ações. “Eu quero agradecer e ao mesmo tempo parabenizar todos os diretores e diretoras por cuidar tão bem do patrimônio público, da escola pública, que é do povo goianiense. Obrigada também professor Wellington Bessa, pela parceria enquanto secretário de Educação”, ressaltou.

Em seguida, o secretário Wellington Bessa falou da verba destinada à Educação. “Com esses investimentos da Prefeitura, nós entraremos em 100% das instituições que estarão, agora, com uma frente de trabalho. As unidades vão se transformar em verdadeiros canteiros de obras. Na parte de rede física, veremos mudanças significativas em 2022. Nós entregaremos pacotes de segurança para as instituições que têm problemas com vandalismo e também serão atendidas outras necessidades históricas, como troca de placas e grades de Cmeis antigos”, disse. 

Sobre o Programa Aprender Sempre, o secretário explicou a importância da iniciativa que é vanguarda no Brasil para recuperar o ensino após os prejuízos da pandemia. “Nós diagnosticamos, por meio de avaliações, o déficit em decorrência da pandemia. Então, o Programa Aprender Sempre visa recuperar e aprofundar as aprendizagens dos nossos educandos, programa amplo que será desenvolvido em três anos, de 2022 a 2024. Com propostas pedagógicas e novos materiais teremos um novo currículo para o Ensino Fundamental e a Educação de Jovens e Adultos. A prioridade são anos iniciais em língua portuguesa e matemática”.

Verba do Pafie

O dinheiro a ser repassado para as unidades educacionais integra o Programa Escola Viva. É um repasse extra, proveniente do Fundo Municipal, que será transferido diretamente às instituições por meio do Pafie. Telhado, muro, caixa d’água, serviços elétricos e hidráulicos, mudanças na estrutura predial e melhoria no sistema de segurança são as demandas emergenciais da rede, de acordo com levantamento pela equipe da Gerência de Acompanhamento e Manutenção da Rede Física da SME, que também supervisionará toda a execução do recurso financeiro.

Aprender sempre

O Aprender Sempre é estruturado em sequências didáticas em um conjunto de 8 à 10 aulas. Para cada componente e ano são 4 volumes anuais. Cada volume é composto por uma versão do estudante e outra versão do professor, que conta com orientações e sugestões metodológicas. A proposta do material é desenvolver Sequências Didáticas que favoreçam a interação, o compartilhamento de conhecimentos e colaboração, mas sem desconsiderar os protocolos de higiene e distanciamento social. 

O conteúdo foi elaborado com o objetivo de garantir o desenvolvimento das habilidades priorizadas no Documento Curricular Ampliado para Goiás (DC-GO Ampliado). De forma conjunta, gerências da SME se uniram para  possibilitar o desenvolvimento dos conhecimentos e capacidades dos alunos. O Aprender Sempre será ofertado a todos os estudantes do 1º ao 9º ano, aos professores pedagogos referências e aos de Língua Portuguesa e Matemática. 

Daniela Rezende, da editoria de Educação

registrado em:
Fim do conteúdo da página