Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Lançado sistema de reconhecimento facial na rede municipal de Educação
Início do conteúdo da página

Lançado sistema de reconhecimento facial na rede municipal de Educação

Criado: Quarta, 27 de Outubro de 2021, 20h45 | Publicado: Quarta, 27 de Outubro de 2021, 20h45 | Última atualização em Quarta, 27 de Outubro de 2021, 20h45

Programa Conecta Educação será instalado em todas as unidades de ensino de Goiânia até o mês de dezembro; software conta também com registro de frequência, merenda, prestação de contas e outras funções administrativas e pedagógicas

reconhecimento facialA Prefeitura de Goiânia lançou na manhã desta quarta-feira (27/10) o Programa Conecta Educação, que implanta reconhecimento facial de alunos e servidores em todas as unidades de ensino municipais da Capital. A cerimônia de lançamento foi realizada pela Secretaria Municipal de Educação (SME) na Escola Municipal Professora Lousinha e contou com reconhecimento facial simbólico do prefeito Rogério Cruz, secretário municipal de Educação Wellington Bessa e alguns alunos da instituição.

A E.M. Professora Lousinha foi a primeira escola a receber o sistema e a diretora contou sobre o sentimento e importância desse avanço tecnológico na unidade. “Esse é um projeto muito importante e inovador para nossas escolas. Cada dia mais, e nesse contexto em que vivemos, a tecnologia fica mais presente em nossas vidas. E a Educação não poderia ser diferente. para nossa escola, esse programa vai nos dar facilidade, economia e segurança para exercermos nosso trabalho e nossa missão, que é tornar essas crianças pessoas melhores”, pontuou Silvany Bezerra.

O sistema de software conta com 22 módulos de integração completa, que conta com serviços de frequência escolar com reconhecimento facial, matrícula on-line, gestão pedagógica, aplicativo mobile, modulação de servidores administrativos e professores, prestação de contas, alimentação escolar, conexão com conselho tutelar, biblioteca virtual, ponto eletrônico, acesso a índices educacionais do Brasil e do mundo, levantamento patrimonial, serviços de saúde, entre outros.

Titular da SME, professor Wellington Bessa destacou que o sistema permitirá uma equiparação de tecnologias com a iniciativa privada e possibilitará um maior acompanhamento e facilidade dos pais com a vida escolar dos filhos. “Estamos implementando um sistema de gestão educacional, que tem como objetivo trazer os princípios mais modernos de eficiência e bom gasto do dinheiro publico. Traz para rede uma modernização e equiparação aos equipamentos utilizados na iniciativa privada. Isso traz isonomia aos funcionários e aos pais, que poderão acompanhar tudo sobre a vida escolar dos filhos. O programa vai além da gestão educacional, é uma gestão social”, ressaltou o secretário municipal de Educação.

“Esse sistema traz mais segurança para escola, para os pais, para as crianças e para os professores. Se é para trazer mais segurança para a comunidade escolar, nós vamos investir o quanto for preciso. Esse sistema faz parte do programa Cidade Inteligente, com tecnologia em várias áreas e órgãos da prefeitura, para que possamos avançar enquanto cidade”, destacou o prefeito Rogério Cruz, em alusão ao investimento feito e ao projeto de desenvolvimento de Goiânia, elaborado para sua gestão.

Ricardo Bernardes participou do evento de lançamento do programa, ele é pai da pequena Alice, de 4 anos, aluna da E.M. Professora Lousinha. “O Conecta Educação é algo inovador e muito bom para o acompanhamento dos pais. A segurança dos alunos na escola vai melhorar muito. Os pais, principalmente aqueles que trabalham o dia todo e não tem como ter um acompanhamento diário fisicamente na escola, agora com esse novo projeto vai ter acesso a alimentação, horário de chegada e saída, e integrar a escola com os pais”, disse.

O Conecta Educação será implementado em todas as instituições de ensino da rede municipal e a previsão de conclusão da instalação desse sistema é para o mês de dezembro. Portanto, no próximo ano letivo, todas as unidades devem ter a gestão escolar automatizada.

Núbia Alves, da Editoria de Educação

Foto: Jackson Rodrigues

registrado em:
Fim do conteúdo da página