Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Notícias > Prefeitura lança Programa Smart Educação, modernização completa das plataformas educacionais
Início do conteúdo da página

Prefeitura lança Programa Smart Educação, modernização completa das plataformas educacionais

Criado: Segunda, 25 de Outubro de 2021, 18h00 | Publicado: Segunda, 25 de Outubro de 2021, 18h00 | Última atualização em Quarta, 03 de Novembro de 2021, 16h36

A iniciativa conta com projetos voltados para alunos, professores, servidores e comunidade escolar; além disso, foram entregues mais de 130 kits tecnológicos a instituições

entrega malaspucA Prefeitura de Goiânia lançou nesta segunda-feira (25/10) o Smart Educação, projeto de modernização total das plataformas educacionais utilizadas na rede municipal de Educação. A iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (SME) faz parte da série de melhorias da gestão municipal em comemoração ao aniversário de Goiânia, que completou 88 anos no dia 24 de outubro.

A solenidade de lançamento foi realizada no Teatro da PUC, localizado no Jardim Goiás, e contou com a presença do prefeito Rogério Cruz, do secretário municipal de Educação professor Wellington Bessa, entre outras autoridades. Além do lançamento do Smart Educação, a Prefeitura fez a entrega simbólica de mais de 130 mochilas digitais a unidades educacionais, oriundas da parceria com a Fundação Telefônica Vivo.

Parceiras de muitos anos, Prefeitura e Fundação Telefônica Vivo deram mais um passo rumo ao aperfeiçoamento da tecnologia nas escolas municipais. A professora Jordana Reis, representante da FTV, falou sobre a parceria e sobre a formação continuada para o uso dos kits de tecnologia.

“Gostaria de agradecer essa parceria que tem sido construída e amadurecida desde 2019. Já realizamos inúmeras ações formativas e, durante esse processo, as equipes escolares tiveram a oportunidade de realizar a primeira formação relacionada aos equipamentos tecnológicos. A ação foi muito exitosa, graças ao trabalho das equipes das gerências de Tecnologia Educacional e de Formação de Profissionais da SME”, disse.

O secretário municipal de Educação, professor Wellington Bessa, destacou que o Smart Educação será um legado deixado para a educação municipal e frisou que a implementação só foi e será possível graças ao entusiasmo do prefeito Rogério Cruz com o avanço tecnológico.

“É um projeto que será um legado para a rede municipal de Educação. ‘Smart’ vem do inglês, quer dizer ‘inteligência’, e traz consigo princípios para que a Educação tenha uma facilidade maior no processo de ensino-aprendizagem. É um processo bonito e moderno que só é possível graças ao nosso Smart-prefeito Rogério Cruz. Não adianta vontade, se não tivermos o apoio de um gestor que também acredita na Educação e na tecnologia”, salientou o professor Bessa, em discurso aos professores presentes no Teatro da PUC.

Após a entrega dos kits, o prefeito Rogério Cruz discursou sobre a modernização geral da cidade, com o projeto Cidade Inteligente, e enalteceu a importância de utilizar a tecnologia com inteligência nos processos educativos na Educação Municipal.

“Por onde eu passo, as pessoas têm falado bem da Educação de Goiânia. Nossa Educação precisa ser inteligente e é nisso que estamos apostando. Parabenizo o professor Bessa por todo o apoio que tem dado à gestão. Temos, na Cidade Inteligente, programas voltados para saúde, mobilidade, transparência e gestão. Quando se fala em tecnologia, se fala em inteligência, e para criarmos nossas crianças com inteligência, vamos usar a tecnologia. E isso é só o começo”, pontuou o prefeito.

Smart Educação

O Smart Educação é um projeto que tem como objetivo integrar conteúdos digitais e ferramentas/plataformas, com intuito de facilitar o compartilhamento entre os diversos atores da Educação (pais, alunos e professores), bem como possibilitar que matrícula e acompanhamento dos pais sejam realizados por meio de plataformas digitais, entre outras iniciativas relevantes para a modernização dessa área.

A iniciativa conta com nove projetos principais:

  1. Wi-fi Estudante/Professor: wi-fi gratuito para estudantes e professores no ambiente escolar;
  2. Vagas on-line (E-matrícula):  permite aos cidadãos obter informações sobre as escolas, tais como disponibilidade de vagas e lista de espera;
  3. EAD Cloud (Portal Conexão Escola):  plataforma de ensino a distância disponível para atividades complementares para os alunos; 
  4. Toolbox:  iniciativa que agrupa vários aplicativos, avaliados por professores para melhorar o aprendizado; 
  5. Mobile World (Moodle SME):  oferece acesso a conteúdo no celular/on-line para completar a formação pedagógica. Possui mais de cem aplicativos gratuitos e pagos;

  1. Projeto Aula Digital:  aula digital para o atendimento de populações de periferias urbanas ou rurais;
      7. Biblioteca Virtual (Midiateca):  criação de uma biblioteca virtual para a rede municipal;
      8. Laboratório Maker:  : implantação de dez (10) laboratórios pilotos para fomentar a cultura maker nas Escolas de Ensino Fundamental em Tempo Integral;
  2. QR-Code Literário/Poético: criação de Qr Codes a partir de poemas escritos por alunos da Rede Municipal em homenagem ao aniversário de Goiânia. Os poemas serão espalhados pela cidade. 

Núbia Alves, da Editoria de Educação

Foto: Laís Borges

registrado em:
Fim do conteúdo da página