You are currently viewing História – Roma: declínio e trocas culturais

História – Roma: declínio e trocas culturais

Esta proposta de atividade de História é destinada aos estudantes da 5ª série da Educação de Jovens e Adultos-EJA

A cidade de Roma foi a sede de uma verdadeira civilização. Surgida a partir do século VIII a. C., expandiu-se para se tornar um dos maiores impérios do mundo antigo. O império romano entrou em crise e extinguiu-se, mas a sua cultura fundiu-se com a dos povos germânicos, que invadiram o território romano, dando origem à época da Idade Média.

Questão 1

O legado cultural romano chegou até nós, brasileiros, através da colonização portuguesa. Faça uma pesquisa e identifique as heranças culturais romanas em nossa sociedade hoje. Você pode recorrer a várias fontes: livros, revistas, internet, conversas com seus professores de história e língua portuguesa.

Questão 2

O império romano teve início no ano de 27 a. C. quando Otávio recebeu do senado o título de Augusto. Roma viveu um período de paz e estabilidade política que durou até o século II d. C. As dificuldades, porém, começaram já no final deste século.

A economia romana havia alcançado um grande desenvolvimento estruturando-se na exploração da mão-de-obra escrava. O abastecimento de escravos era garantido pelas constantes conquistas territoriais que ocorriam desde a época da república – grande parte das populações conquistadas era escravizada.

No império, Roma alcançou sua máxima extensão territorial diminuindo drasticamente o número de novas conquistas. Isso atingiu em cheio o funcionamento da economia, já que comprometeu o abastecimento de mão de obra com novos escravos.

Assim, a economia romana entrou numa crise da qual não conseguiu sair. Esta crise afetou desde a capacidade produtiva da agricultura, até a arrecadação de impostos. O sistema entrou em colapso.

A partir da leitura acima, que relação é possível estabelecer entre a expansão territorial de Roma e o seu declínio?

Questão 3

As trocas culturais ocorrem quando dois ou mais povos de culturas diferentes entram em contato. Deste encontro resulta uma fusão cultural da qual surge uma cultura que combina elementos das duas. O Brasil é um bom exemplo. A cultura brasileira é o resultado do encontro de diversas culturas.

Cite os diferentes povos que contribuíram para a formação da cultura brasileira.

Questão 4

A vassalagem era um dos vínculos mais fortes do feudalismo estabelecido entre duas pessoas da nobreza. Segundo o historiador Perry Anderson, a vassalagem resultava da junção de instituições da tradição germânica e da tradição romana. Por esse acordo criava-se uma obrigação mútua em que o vassalo fornecia apoio militar ao seu soberano em troca de alguns privilégios, geralmente a posse de terras. Esse acordo era firmado por meio de uma cerimônia em que o vassalo demonstrava a sua submissão ao seu suserano.

Por que a vassalagem pode ser considerada um exemplo de trocas culturais entre romanos e germânicos?

Questão 5

A servidão, era a condição em que a maioria da população se encontrava, na Europa, durante o feudalismo. O servo não podia ser comercializado como o escravo, mas estava preso à terra podendo, em algumas regiões, ser vendido junto com ela. Ao ocupar um lote de terra ele era obrigado a trabalhar para o senhor que a possuía e em troca tinha direito à proteção, justiça e ao cultivo dentro do feudo para a subsistência de sua família. De acordo com Perry Anderson, provavelmente a servidão descende tanto do colonus romano quanto da degradação de camponeses germânicos livres.

Vassalagem, domínio e servidão estão entre as principais instituições que formaram o feudalismo. A partir disso, qual a importância das trocas culturais entre romanos e germânicos para a formação do sistema feudal?

Saiba mais

Trocas culturais

Canal Anísio Filho. Trocas culturais. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=WH7KAsjaBjs> acesso em 30, jun. 2022.

Acesse os materiais referentes a essa atividade clicando aqui: https://sme.goiania.go.gov.br/conexaoescola/propostas_didaticas/propostas-didaticas-historia-5a-serie/

Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento(EAJAHI0542) Relacionar diferentes modificações ocorridas ao longo da expansão do império romano ao seu declínio.
(EAJAHI0543) Reconhecer a importância das trocas culturais entre germânicos e romanos.
Referencial teóricoANDERSON, Perry. Passagens da Antiguidade ao Feudalismo. Tradução Beatriz Sidou. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1991.
LE GOFF, Jacques. A civilização do ocidente medieval. Tradução José Rivair de Macedo. Bauru, SP: EDUSC, 2005.
SOUZA, Rainer. Crise do Império Romano. Disponível em: <https://mundoeducacao.uol.com.br/historiageral /crise-imperio-romano.htm> acesso em 15, dez. 2021.
VAINFAS, Ronaldo. et al. História.doc, 6º ano: ensino fundamental, anos finais. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2018.