Ir direto para menu de acessibilidade.
Busca
Página inicial > Notícias > Educação realiza mais de 2 mil atendimentos no primeiro grande Mutirão de 2018
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Educação realiza mais de 2 mil atendimentos no primeiro grande Mutirão de 2018

Realizado na Região Noroeste, o evento promoveu distribuição de mudas de hortaliças, manutenção em escolas e oficinas para o público infantil

  • Publicado: Segunda, 02 de Julho de 2018, 17h44
  • Última atualização em Segunda, 02 de Julho de 2018, 17h46
mutirão2018Com propostas direcionadas para o público infantil e para a comunidade em geral, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) realizou mais de 2 mil atendimentos no estande durante a primeira edição de 2018 do Mutirão da Prefeitura, encerrada neste sábado, 30. Realizada na Região Noroeste, a iniciativa levou também obras para 10 unidades educacionais da rede municipal, entre escolas e centros municipais de educação infantil que receberam benefícios como pintura, limpeza e manutenções nas instalações elétricas e hidráulicas.


Marcado por aproximar a administração municipal da população, moradores do Jardim Curitiba e bairros vizinhos puderam conferir de perto o trabalho desenvolvido pela SME. Entre as iniciativas, o Projeto Horta Escolar distribuiu 1.800 mudas de hortaliças, temperos e legumes como pimenta, jiló, manjericão, couve, cebolinha, entre outros.

A beleza das mudas chamou a atenção da moradora do Bairro Floresta, Sonilda Pereira, 39 anos, que decidiu produzir uma horta em sua casa. “Tenho espaço e, quando vi as mudas, resolvi fazer uma para mim para melhorar a alimentação em casa”, comentou. O trabalho realizado pela equipe do projeto fomenta ainda a sustentabilidade a entrega das mudas é realizada em garrafas pet ou vasilhames que seriam descartados no lixo.


Oficinas


O público infantojuvenil que visitou o estande da SME neste Mutirão foi estimulado a ter outro olhar para a produção de imagens. Com a proposta “Desenhando com Tesouras”, profissionais da Educação promoveram a atividade que usa dobraduras e tesoura para formar desenhos. A técnica surpreendeu Alessandra Santos, 14 anos, que dedicou um tempo de sua manhã para aprender a inovar no uso da tesoura e papel com o auxílio da equipe de arte educadores. “O resultado fica muito lindo. É um pouco difícil no começo, mas estou tentando fazer meus desenhos cada vez mais bonitos”, avaliou.

Para ter referências da técnica, foram apresentadas obras do artista plástico Jota Clavijo que, entre outros materiais, utiliza recortes de papel em seus trabalhos, explica um dos idealizadores da oficina, Jhon Maykel Fernandes. O apoio técnico pedagógico da SME ressaltou ainda o aproveitamento de materiais como revistas e encartes para a produção dos desenhos. “Além de ser uma proposta educativa, é ecológica. Com esse método que envolve a apreciação de um trabalho artístico já realizado, seguido pela explicação da técnica, buscamos que, por meio da prática, as crianças possam desenvolver a criatividade”, explicou.

A brincadeira ficou garantida neste sábado de Mutirão com a oficina de produção de brinquedos com materiais alternativos. Com viés ecológico e lúdico, o “helicopo” fez a festa da criançada que aprendeu a construir um brinquedo voador com copos descartáveis, barbante e fita adesiva. Quem visitou o estande também pode sanar dúvidas sobre matrículas e participar de jogos de tabuleiro.

Roseneide Ramalho, da editoria de Educação e Esporte
Fotos: Luiz Fernando 

registrado em:
Fim do conteúdo da página